Presença & Auto-conhecimento

"Quando a gente está no controle, partimos do ponto que as coisas são previsíveis. Abrir mão do controle é conceber a possibilidade de existir algo novo que eu não imagino, que eu não sei. Para se abrir pra isso é preciso presença"

Estar presente não significa apenas estar na sala ou no espaço externo onde estão as crianças. A presença requer conexão, atenção e silêncio. A presença do educador é fundamental para o desabrochar das crianças. Uma presença silenciosa mesmo quando usa as palavras é capaz de assegurar um campo seguro, onde a criança se sente confiante e amparada para ir ao encontro de suas novas descobertas. 

Inúmeras vezes quando estamos em campo e decidimos que esta tudo bem sair porque as crianças estão brincando em harmonia percebemos que na ausência do adulto tudo muda. Por mais silenciosos que sejamos elas percebem nossa saída. No Ciclo I muitas vezes o choro é a forma de expressar essa percepção. 

 

Precisamos ter consciência desse papel de autoridade energética que exercemos no espaço. Quando precisamos nos ausentar e ir ao banheiro ou almoçar por exemplo, sempre busque outro educador para substituí-lo. Lembre-se nenhuma criança pode estar sozinha na Escola. Um adulto deve SEMPRE estar presente. 
 

 

“Observar o florescer das crianças é das sensações mais mágicas. Estar sentado apenas observando as crianças é se conectar com o segredo da infância. Alcançando um amor de natureza nova”.
Maria Montessori

EspaçoCria7deNovembro-16.jpg
WhatsApp Image 2020-04-08 at 19.09.26.jp
Captura_de_Tela_2020-02-13_às_00.01.01.